It seems you have disabled javascript. Please enable javascript for this site to function properly.

Space.. BE INSPIRED!
Space..
BE INSPIRED!

Instruções

01

Passo Um

Regista-te no concurso Odysseus ΙΙ, preenche o formulário de registo e aceita o regulamento do concurso!

02

Passo Dois

O Segundo passo é a equipa escolher o tópico e tipo de projeto.

O tema principal do desafio é a Utilização Espacial e os projetos apresentados poder-se-ão concentrar em missões como Galileu, Copérnico, Rosetta e Gaia, que são apoiados pela UE, a ESA e a indústria espacial e que constroem o caminho para a prestação de serviços essenciais à moderna vida ou que abrem a porta a novos conhecimentos sobre o Universo. Os estudantes de graduação de todas as áreas disciplinares podem competir na categoria Explorers e, portanto, as respostas aos tópicos listados e exemplos podem incluir contribuições, não só de alunos de engenharia, tecnologia e ciências, mas também de alunos das ciências sociais e humanidades.

Neste contexto, os concorrentes podem escolher um tópico da lista que se segue abaixo:

Galileo: benefícios diários das aplicações espaciais

O Galileo é o primo Europeu do GPS. É melhor, é mais rápido e tem um nome melhor. Gera emprego e outros benefícios e permitirá uma maior independência Europeia. Como é que vai influenciar a nossa vida? Como mudam os programas espaciais as nossas vidas e quais os benefícios que temos agora?

  • Otimizar o transporte.
  • Responder às crises.
  • Ajudar as regiões a aceder aos serviços de conhecimento e informação.
  • Aumentar a eficiência na agricultura e pescas.
  • Proteger o meio ambiente e combater as alterações climáticas.
  • Aumentar a segurança interna.
  • Melhorar a saúde dos cidadãos.
  • Observar a Terra.
  • Comunicação melhor e mais rápida.

Copernicus: Observações da Terra

No século XVI Nicolau Copérnico olhava para o céu. Agora o projeto da ESA Copernicus está observando no sentido oposto, uma vez que olha do céu para a Terra. Como podemos observar Terra? Como podemos usar dados de observações da Terra?

  • Proteger o meio ambiente e combater as alterações climáticas.
  • Responder às crises.
  • Aumentar a eficiência na agricultura e pescas.
  • Aumentar a segurança interna.
  • Light pollution seen from space and from Terra.

Missão Rosetta: Exploração Espacial

O primeiro passo na Lua foi um salto gigante para a humanidade. Outro salto na exploração espacial foi conseguido fazendo a sonda Philae aterrar num cometa. Qual será o próximo salto gigante na exploração do espaço? O que podemos encontrar no nosso Universo e como podemos explorá-lo ainda mais?

  • Sistemas de foguetões – um conceito dos sistemas mais frutíferos e promissores para o futuro;
  • Europa aterrou em um cometa e em Titã. Quais são os benefícios científicos?
  • Exploração dos asteroides – um conceito para usar os seus recursos naturais;
  • Exploração dos planetas rochosos – o que podemos aprender para Terra
  • Voos tripulados – a sua opinião pessoal sobre a perspetiva para as futuras missões;
  • Um conceito para uma cidade lunar permanente e autossuficiente.

Missão Gaia: Observando as estrelas

Durante os seus cinco anos de observação a missão Gaia vai observar o Universo. O que vai descobrir e o que se pode fazer para ajudá-la?

  • Como pode a missão Gaia modificar a nossa perceção da nossa Galáxia, da vizinhança do Sol e do nosso planeta.
  • Buscando uma segunda Terra – o esforço da Europa na investigação de exoplanetas;
  • Dar argumentos para a busca de civilizações alienígenas e sugerir porque as instituições devem estar interessados em realizar essa investigação (sob a forma de um ensaio).
  • Grandes telescópios espaciais – porque é o Espaço um bom lugar para observar o Universo?
  • Observar objetos da lista de alertas da Gaia.
  • Discutir o que é a vida, com base numa variedade de formas possíveis para a mesma.

Mais genérico: estabelecer relações entre resultados no solo e dados de satélite

  • Dados meteorológicos no terreno
  • Dados na agricultura (humidade do solo, desenvolvimento da vegetação, estado sanitário da vegetação …)
  • Proposta de mapas para cobrir o desenvolvimento de mosquitos …
  • Proposta de mapas sobre a gripe ou outras doenças… e relacionar com a meteorologia
  • Proposta de dados no terreno sobre os níveis de água dos rios, solos …
  • Observação do céu: meteoritos, nuvens, tempestades …

Esta lista não é exaustiva e serão aceites quaisquer outras ideias desenvolvidas pela imaginação dos alunos dentro das áreas temáticas apresentados.

A equipa deverá escolher o tipo de projeto em que quer trabalhar. Pode ser uma experiência, um vídeo, um protótipo, uma apresentação ou qualquer outro suporte (Ver Limitações[1])

Verifica o template de submissão que é fornecido pelos organizadores, que não é obrigatório, mas que é recomendado e que pode ser encontrado aqui.

[1] Os ficheiros eletrónicos submetidos para documentar cada projeto podem incluir: ensaios ilustrados, apresentações de PowerPoint, posters, links para vídeos, links para websites dedicados ao projeto e ficheiros áudio.

Os formatos de ficheiro permitidos são:

  • Documentos; .doc .docx, .pdf, .txt  .ps  .ppt, .pptx, .pps,  .ppsx
  • Imagens: *.png, *.jpg *.bmp, *.gif
  • Videos:  Todos os vídeos deverão estar alojados no YouTube ou Vimeo sendo apenas apresentados os links.
  • Formatos Audio: *.mp3 
  • Formatos de compressão: .tar .gz .zip .7z 

O limite máximo de dimensão do ficheiro não comprimido de cada entrada é 20 MB.

Cada projeto não pode custar mais do que 300 € em materiais para a sua produção.

03

Passo Três

Os concorrentes deverão fazer a sua investigação focando-se no tópico selecionado e desenhar a solução ou a produção do produto final do seu trabalho. Nesta fase os concorrentes são encorajados a consultar mentores acerca da exequibilidade e validade científica das suas ideias.

Os concorrentes são ainda aconselhados a desenvolver o seu projeto em conformidade com as exigências do concurso Odysseus ΙΙ, para garantir que evitam o material plagiado e que fornecem todas as referências necessárias para o seu projeto.

04

Passo Quatro

O passo final é a submissão do projeto na página web do Odysseus II. Os participantes podem desenvolver e submeter o seu projeto em qualquer uma das vinte e quatro (24) línguas oficiais oficial da União Europeia (UE).